Arredores

Termos e condições gerais

(Situação: 31.11.2017)
  1. Informações gerais
    1. As presentes Condições Gerais de Venda (CGV) aplicam-se a todos os contratos celebrados entre a Lakegroup GmbH & Co. KG, Alte Landstraße 7, 78315 Radolfzell, representada por Felix Küster e Christian Treutlein (doravante designada por "Operador") e os seus parceiros contratuais (doravante designados por "Anunciantes" ou "Utilizadores Registados").
    2. O Operador não reconhece quaisquer TCG que se desviem das presentes Condições Gerais - sob reserva de consentimento expresso.
    3. O Operador está autorizado a alterar as presentes CG por razões objetivamente justificadas (por exemplo, alterações na jurisprudência, situação jurídica, condições de mercado) e mediante um período de pré-aviso razoável. Os utilizadores existentes serão notificados por correio eletrónico. Se o cliente atual não apresentar objecções no prazo fixado na notificação da alteração, considera-se que deu o seu consentimento à alteração. A notificação da alteração prevista das presentes CG deve mencionar o prazo e as consequências da objeção ou da ausência de objeção.
  2. Celebração do contrato exclusivamente com empresários
    1. O registo de uma conta de utilizador e a publicação e publicidade de ramos de atividade, bens e/ou serviços só são permitidos a empresários que actuem na sua qualidade de empresários. Um empresário, na aceção do artigo 14.º do Código Civil alemão (BGB), é uma pessoa singular ou colectiva ou uma sociedade de pessoas com capacidade jurídica que, ao celebrar um negócio jurídico, actua no exercício da sua atividade comercial ou profissional independente. O operador não celebra contratos com consumidores. Todos os preços indicados para a publicidade de estabelecimentos comerciais no sítio Web não incluem o IVA legal.
    2. O Operador tem o direito de verificar, em qualquer altura, o estatuto empresarial dos seus parceiros contratuais. Para o efeito, pode, nomeadamente, solicitar ao cliente provas adequadas. Se o cliente não responder a esse pedido ou se o operador tiver indicações de falta de estatuto empresarial, o operador tem o direito de rescindir um contrato já celebrado.
  3. Serviços
    1. O Operador é um fornecedor de serviços de pesquisa e directórios e fornece uma plataforma sob o domínio da Internet www.wogibtswas.de (doravante: "Plataforma") na qual comerciantes e prestadores de serviços ou agências (doravante: "Anunciantes") podem anunciar uma empresa ou ramos de negócios individuais e os bens ou serviços aí oferecidos. Para este efeito, o Anunciante pode colocar anúncios gratuitos e pagos na plataforma (ver § 6 destas CGV para as tarifas).
    2. O serviço do operador limita-se a fornecer uma plataforma publicitária. A este respeito, o Operador é um operador de portal na aceção da Lei Alemã de Telemédia. O operador não actua como intermediário ou corretor. Não são celebrados quaisquer contratos com os clientes dos concessionários ou com outros consumidores através da plataforma. O operador não está envolvido de forma alguma nos contratos celebrados entre o revendedor e o seu cliente na sequência de anúncios. Quaisquer disposições que se desviem deste princípio (por exemplo, acordos de afiliação) devem ser acordadas separadamente com o operador; não existe qualquer direito à celebração de um acordo deste tipo.
  4. Registo e celebração do contrato
    1. Para publicitar uma empresa, um ramo de atividade, bens ou serviços na plataforma, é necessário criar uma conta de utilizador na plataforma (celebração de contrato). Para este efeito, os dados solicitados na máscara de registo devem ser introduzidos de forma verdadeira e completa. Este registo constitui apenas uma proposta de celebração de um contrato com o operador da plataforma. A aceitação do contrato de licença ocorre através da ativação da conta de utilizador.
    2. Uma conta de utilizador pode ser criada pelo proprietário da empresa a publicitar ou por uma agência contratada por empresários.
    3. Os consumidores não estão autorizados a registar uma conta de utilizador. O operador reserva-se o direito de verificar a qualquer momento o estatuto empresarial dos utilizadores registados.
    4. Se o registo for efectuado por uma agência encarregada pelos empresários de colocar os anúncios correspondentes na Internet, a agência é o parceiro contratual exclusivo do operador. No entanto, não é celebrado qualquer contrato com os clientes da agência.
  5. Colocação de anúncios
    1. Ao colocar uma nova oferta na plataforma, o anunciante deve fornecer todas as informações obrigatórias (por exemplo, componentes de preço, incluindo IVA) e outros dados sobre a respectiva loja e os bens ou serviços aí oferecidos de forma abrangente e verdadeira. Ao fazê-lo, deve, sobretudo, garantir que as ofertas são colocadas de acordo com o sistema de categorização praticado na plataforma (em particular, categorias de produtos e informação geográfica). Em particular, a descrição deve ser apelativa e respeitável. Os anúncios ofensivos que possam dissuadir os clientes de utilizarem a plataforma em geral, pondo em causa o crédito de toda a plataforma (por exemplo, ofertas pornográficas ou fraudulentas) não são permitidos e podem ser eliminados pelo operador.
    2. Ao anunciar e carregar conteúdos, o anunciante garante que a oferta cumpre os requisitos legais (por exemplo, informações obrigatórias) e que detém todos os direitos sobre os conteúdos apresentados. É proibida a criação de ofertas que não se baseiem num objeto real existente (ofertas-isco).
    3. Se um comerciante se registar ou estiver registado na plataforma sem uma localização fixa, não será incluído na pesquisa padrão.
    4. Se o anúncio for criado por uma agência, a agência garante que o anúncio se baseia numa ordem correspondente do proprietário da respectiva empresa.
    5. O operador está autorizado a editar as listagens na plataforma se tal for necessário para a sua visualização em determinados browsers ou para visualização móvel.
  6. Preços, prazos e anulação
    1. Os comerciantes e prestadores de serviços podem reservar uma entrada básica gratuita ou um pacote pago com funções e serviços alargados. Os pormenores podem ser consultados na tabela de preços e serviços.
    2. O preço do pacote é independente do facto de o anunciante utilizar ou não plenamente o pacote reservado (por exemplo, número máximo de produtos possíveis, etc.). Se um, vários ou todos os anúncios do anunciante forem retirados da plataforma - seja qual for o motivo - o direito do operador ao pagamento do pacote já reservado não é afetado por este facto; o contrário só se aplica se o operador da plataforma tiver retirado o(s) anúncio(s) sem motivo objetivo ou contratual.
    3. Cada pacote reservado pelo cliente constitui um contrato distinto. A duração de um pacote é de um ou doze meses (duração do contrato). A anulação antes do fim do prazo acordado está excluída. O direito de anulação extraordinária não é afetado por este facto.>
    4. Uma viagem organizada com uma duração de doze meses deve ser anulada pelo menos um mês antes do fim do prazo contratual. Se a encomenda não for anulada atempadamente, será automaticamente prolongada por mais doze meses após o termo do contrato.
    5. Uma encomenda com um mês de duração deve ser anulada pelo menos 5 dias antes do termo do contrato. Se a encomenda não for anulada atempadamente, será automaticamente prorrogada por mais um mês no final do seu período de vigência.
  7. Obrigações dos utilizadores registados
    1. O utilizador deve garantir que a sua conta é utilizada exclusivamente por si. Deve tratar confidencialmente os seus dados de acesso e os dados que armazenou e garantir que terceiros não tenham acesso aos seus dados. Se o utilizador violar esta obrigação de forma culposa, será responsável por quaisquer danos daí resultantes.
    2. O utilizador é obrigado a utilizar a plataforma apenas para o fim a que se destina (publicidade de ramos de atividade, produtos e serviços) e a cumprir todas as disposições contratuais e legais aquando da utilização da plataforma. É proibida qualquer utilização para além do objetivo da relação com o utilizador. Em particular, o utilizador está proibido de
      • Publicitar ofertas com informações falsas ou enganosas;
      • anunciar ofertas que possam infringir os direitos de terceiros (por exemplo, direitos de autor, direitos pessoais ou direitos de marca registada)
      • publicar ofertas que violem a legislação aplicável;
      • publicitar ofertas imorais, obscenas, pornográficas ou radicais;
      • assediar ou ameaçar outras pessoas ou violar os direitos de terceiros;
      • enviar mensagens a outros utilizadores para qualquer outro fim que não a comunicação;
      • utilizar dados da plataforma para os seus próprios fins comerciais.
    3. O anunciante é obrigado a manter sempre actualizados os dados fornecidos aquando do registo e a abster-se de violar as presentes CGV e a legislação aplicável.
    4. O anunciante é obrigado a manter as suas ofertas actualizadas e a desactivá-las imediatamente se os bens/serviços oferecidos já não estiverem disponíveis ou se o ramo de atividade já não existir.
    5. As infracções podem conduzir a um bloqueio temporário e, em caso de infracções graves, à anulação da conta.
  8. Comentários de clientes e sistema de informação de clientes
    1. O operador coloca à disposição dos utilizadores da plataforma um sistema de classificação e de informação dos clientes. Os utilizadores da plataforma (consumidores) podem classificar lojas ou sucursais individuais (sistema de classificação) ou fazer sugestões de produtos e marcar produtos que estão/estavam disponíveis ou que já não estão disponíveis nas lojas (sistema de informação aos clientes). Ao registarem-se, os retalhistas registados aceitam ser classificados ou descritos pelos utilizadores no âmbito destes sistemas.
    2. O operador não verifica os conteúdos publicados pelos utilizadores no âmbito dos sistemas de informação e avaliação dos clientes e só é responsável por estes conteúdos no âmbito da sua responsabilidade legal de operador do portal.
  9. Direitos de utilização dos conteúdos publicados
    1. Ao publicar conteúdos na plataforma (com exceção de logótipos de empresas ou marcas protegidas semelhantes), o anunciante concede ao operador um direito simples e gratuito de utilização dos conteúdos publicados, sem limite de espaço, tempo e conteúdo. Em particular, o operador está autorizado a reproduzir, distribuir e editar trabalhos publicados, dados de produtos, descrições de produtos, imagens de produtos ou outras informações sobre produtos ou partes dos mesmos e a utilizá-los e reproduzi-los para fins publicitários dentro e fora da plataforma. O operador está igualmente autorizado a utilizar os conteúdos publicados pelos retalhistas, na totalidade ou em parte, editados ou não, como parte das ofertas de outros retalhistas (por exemplo, para descrever produtos ou categorias de produtos semelhantes) ou a permitir que outros retalhistas registados na plataforma utilizem esses conteúdos como parte das suas ofertas na plataforma. Estes direitos manter-se-ão mesmo que o anunciante tenha retirado as ofertas relevantes da plataforma, rescindido o contrato com o operador e/ou se retire da plataforma.
    2. O operador deve certificar-se de que está autorizado e tem capacidade para transferir os direitos supramencionados e de que não existem direitos de terceiros incompatíveis.
    3. Além disso, o anunciante concede ao operador o direito de utilizar o conteúdo publicado ou partes do mesmo (também em ligação com outras obras) para publicitar os serviços do operador na plataforma, em sítios Web de terceiros, portais de redes sociais e em todos os outros meios de comunicação disponíveis. O anunciante concede ao operador da plataforma todos os direitos de utilização necessários para este efeito.
    4. O anunciante garante que está autorizado a utilizar o conteúdo anunciado para a execução do presente contrato e que não existem direitos de terceiros que entrem em conflito com a utilização contratual. Se o anunciante não for ele próprio o titular dos direitos necessários sobre os conteúdos publicados, deve assegurar-se de que o titular dos direitos autoriza a utilização das obras da forma especificada no contrato.
  10. Responsabilidade, garantia e indemnização
    1. O Operador é responsável perante o Anunciante por todas as reivindicações contratuais, quase-contratuais e legais, incluindo reivindicações delituosas, por danos e reembolso de despesas com base em qualquer fundamento legal, sem limitação, em caso de dolo ou negligência grave, em caso de danos intencionais ou negligentes à vida, à integridade física ou à saúde, com base numa promessa de garantia, exceto se houver regulamentação em contrário a este respeito, ou com base na responsabilidade obrigatória (por exemplo, ao abrigo da Lei de Responsabilidade pelo Produto).
    2. Se o Operador violar por negligência uma obrigação contratual essencial, a responsabilidade limita-se aos danos previsíveis típicos do contrato, a não ser que se aplique a responsabilidade ilimitada nos termos da presente secção. Obrigações contratuais essenciais são obrigações que o contrato impõe ao operador de acordo com o seu conteúdo, a fim de alcançar o objetivo do contrato, cujo cumprimento torna a execução adequada do contrato possível em primeiro lugar e em cuja observância o parceiro contratual pode confiar regularmente.
    3. As regras de responsabilidade acima referidas também se aplicam no que respeita à responsabilidade do operador pelos seus agentes e representantes legais.
    4. O respetivo anunciante é responsável pelo conteúdo das ofertas individuais em todos os aspectos. O operador não verifica a exatidão, a atualidade e/ou eventuais violações da lei das ofertas. O operador só é responsável perante terceiros no âmbito da sua responsabilidade legal de operador do portal. O anunciante indemnizará o operador por quaisquer reivindicações de terceiros - incluindo os custos de defesa legal no seu montante legal - que sejam reivindicadas contra o operador devido a acções ilegais do anunciante. Isto aplica-se, nomeadamente, em caso de utilização sem a necessária autorização do titular dos direitos.
    5. O operador não assume qualquer responsabilidade pela disponibilidade e acessibilidade constantes do portal.
  11. Proteção de dados
      O operador
    1. trata os dados pessoais dos anunciantes de forma confidencial e de acordo com as normas legais de proteção de dados. Os dados não serão transmitidos sem o consentimento expresso do anunciante, ou apenas serão transmitidos no âmbito do processamento necessário do contrato.
    2. Para
    3. mais pormenores,
    4. consultar
    5. a política de privacidade do operador
    6. .
  12. Cláusula de divisibilidade
    1. Se algumas disposições das presentes CG forem ou se tornarem inválidas ou inaplicáveis, tal não afectará a validade das restantes disposições das presentes CG. A disposição inválida ou não executória será substituída por uma disposição válida e executória cujos efeitos sejam os mais próximos do objetivo económico prosseguido pelas partes contratantes com a disposição inválida ou não executória. As disposições anteriores aplicar-se-ão em conformidade no caso de o contrato se revelar incompleto.
  13. Disposições finais
    1. É aplicável o direito da República Federal da Alemanha, com exclusão da Convenção das Nações Unidas sobre os Contratos de Compra e Venda Internacional de Mercadorias, na medida em que esta escolha de direito não implique que um consumidor seja privado de normas obrigatórias de proteção do consumidor.
    2. Se as partes contratantes forem comerciantes, é competente o tribunal da nossa sede social em Radolfzell am Bodensee, a menos que tenha sido estabelecido um local de jurisdição exclusivo para o litígio. Isto também se aplica se o cliente não estiver domiciliado na União Europeia.

© 2024, Wogibtswas / Locabee. Todos os nomes de marcas e marcas comerciais são propriedade dos respectivos proprietários. Todas as informações sem garantia. Estado 13.07.2024 15:15:44

UP

Escolha o seu país e a sua língua

This page also exists in your language! english english | Close x